BOMBAS ROTATIVAS DE PALHETAS

Estas bombas de vácuo são constituidas de um corpo cilíndrico no qual gira numa posição excêntrica - um rotor com canais nos quais são inseridos as palhetas. Durante a rotação deste último são empurrados em contacto com o corpo da bomba, por efeito da força centrífuga, criando um espaço fechado que aumenta progressivamente o volume retirando ar do recipiente a ser evacuado e expelindo-o da tubulação para a descarga. Se for usado como um compressor, o ar de admissão vem da descarga.

 

As bombas a seco pode trabalhar em serviço contínuo, seja da pressão atmosférica, seja ao máximo vácuo. Pelo contrário não pode ser utilizado, exceto com filtros especiais, quando o ar de admissão está molhado ou contém vestígios de óleo ou outros fluídos.

 

Os compressores rotativos têm a vantagem de fornecer ar a uma pressão dada, pulsação e, portanto, não necessitam de um tanque de armazenamento. Na solicitação é possível dotar essas bombas de vácuo e compressores com uma carenagem acústica FBX-S.

 
SC.5

SC.5

SB.6

SB.6

SB.6TV

SB.6TV

SC.8

SC.8

SB.10

SB.10

SB.10TV

SB.10TV

SB.12

SB.12

SB.16

SB.16

SB.25

SB.25

SB.40

SB.40

SC.60

SC.60

SC.80

SC.80

SC.100

SC.100

SC.140

SC.140

 
 
 
 
CB.6

CB.6

CB.10

CB.10

SB.6CC-24VDC

SB.6CC-24VDC

CB.12

CB.12

CB.16

CB.16

CB.25

CB.25

CB.40

CB.40

CC.60

CC.60

CC.80

CC.80

CB.6CC-24VDC

CB.6CC-24VDC

CC.100

CC.100

CC.140

CC.140

BOMBAS ROTATIVAS DE PALHETAS

© 2019 DVP Brasil Bombas de Vacuo

R. Dr. Souza Brito, 122 - Cep: 13040-012 - Campinas/SP

Contato: 19 3238-7005  | 3738-1200

vendas@dvpbrasil.com.br

Criação: Endorfina Design